Home > newsletter > Sensores de pressão dos pneus serão obrigatórios na Europa

Sensores de pressão dos pneus serão obrigatórios na Europa

A partir de 2012, todos os carros novos circulando na Comunidade Européia terão que dispor de um sistema de controle da pressão dos pneus. A obrigatoriedade visa reduzir a ocorrência de acidentes causados por problemas gerados pela calibragem incorreta, além de diminuir o consumo de combustível e a emissão de gases poluentes.

Pneus com a pressão abaixo da correta resistem ao rolamento, exigindo maior esforço do motor e diminuindo sua eficiência. Além disso, pneus pouco inflados são mais sujeitos a estragar ao passar por um buraco ou subir numa guia, por exemplo.

Segundo especialistas em segurança, acidentes causados por pneus podem, além dos ocupantes do carro em que eles estão instalados, gerar riscos para outros veículos e pedestres que estejam nas proximidades. Estudos mostram que pelo menos 90% dos problemas nos pneus se devem à perda de pressão que, em geral, ocorre lentamente e não é percebida pelos motoristas.

Uma pesquisa feita na Alemanha revelou que um em cada três carros circula com pneus abaixo da pressão correta. Caso todos os carros circulando na Europa passem a andar com os pneus calibrados com exatidão, será possível economizar cerca de 3,4 bilhões de euros (aproximadamente R$ 10 bilhões) por ano em combustível.

Outro problema causado por pneus com pressão abaixo do normal é o aumento nas distâncias de frenagem, efeito diretamente ligado à ocorrência de colisões e atropelamentos.

Há mais de uma maneira de monitorar a pressão dos pneus. O sistema mais simples compara a rotação das rodas do mesmo eixo usando os sensores do sistema de freios antibloqueio (ABS). O mais sofisticado e mais preciso emprega válvulas colocadas nos pneus que transmitem a pressão por rádio para o painel de instrumentos.

Fonte: http://autoestrada.uol.com.br

newsletter ,

..