Home > newsletter, Notícias > Cresce inadimplência de consumidores em março, aponta Serasa

Cresce inadimplência de consumidores em março, aponta Serasa

As taxas de inadimplência aumentaram 16,6% em março na comparação com o mesmo mês de 2008, indicou pesquisa da Serasa Experian, empresa de verificação de crédito. Para os economistas da Serasa, “a menor atividade econômica e o desemprego localizado” podem explicar o aumento do atraso no pagamento das dívidas no período.
Na comparação com fevereiro, o crescimento da inadimplência foi ainda maior: 22,6%, em parte, devido ao menor número de dias de fevereiro.
O mesmo padrão se repete considerando o primeiro trimestre deste ano contra janeiro-março de 2008: os atrasos aumentaram 11,4%.
A pesquisa mostra ainda que os consumidores se complicam principalmente com dívidas em bancos, com dívidas com cartões de crédito (incluindo financeiras) e por passar cheques sem fundos, em ordem decrescente de importância, considerando o período trimestral.
Houve uma redução, no entanto, no tamanho médio das dívidas em atraso com os bancos: foi de R$ R$ 1.357,47, valor 15% menor na comparação com o valor registrado no primeiro trimestre de 2008.
As dívidas em atraso com cartões e financeiras também encolheu: o valor médio foi de R$ 386,86 no primeiro trimestre deste ano, o que representa uma queda de 13,3% sobre o valor médio registado no trimestre inicial no ano passado.
Aumentou, no entanto, o valor dos cheques sem fundos passados na praça. A Serasa calculou um valor médio de R$ 828,70 no primeiro trimestre de ano, o que representa um incremento de 31,2% na comparação com o valor médio dos cheques emitidos sem reserva nos primeiros três meses do ano passado.

Fonte: Folha Online

newsletter, Notícias

..