Arquivo

Archive for abril, 2009

Brasil prorroga importações de pneus usados do Uruguai

Comentários desativados em Brasil prorroga importações de pneus usados do Uruguai

# AGÊNCIA BRASIL
Terça-feira, 28/04/2009 – 20:07

Brasília – O Brasil continuará importando pneus remoldados do Uruguai e do Paraguai até 30 de junho. As importações deveriam ser suspensas no dia 30 deste mês mas foram prorrogadas pela Câmara de Comércio Exterior (Camex) em reunião hoje (28).

As cotas de 84 mil unidades do Uruguai e de 82 mil do Paraguai haviam sido estabelecidas em janeiro deste ano, atendendo a recomendação da Organização Mundial do Comércio. Em julho de 2008, a Camex havia fixado cota de 168 mil unidades para o Uruguai e de 164 mil para o Paraguai, até o dia 31 de dezembro.

Desde 2003, por força de decisão do Tribunal Arbitral do Mercosul, o Brasil é obrigado a aceitar a importação de pneus remoldados dos vizinhos do Mercosul. No entanto, por questões ambientais e de saúde pública, o Brasil proibiu a importação de pneus remoldados da União Européia. A região questionou a decisão na OMC e, em dezembro de 2007, o órgão autorizou o Brasil a manter a proibição desde que também fossem suspensas as importações do produto dos países do Mercosul.

O governo brasileiro tinha até 17 de dezembro para vetar totalmente a importação de pneus remoldados ou abrir seu mercado às importações de qualquer país. Depois de fracassar nas negociações, com os sócios do Mercosul, de um regime comum para a comercialização de pneus remoldados, o Brasil reduziu as cotas de importações do Uruguai e do Paraguai para dar uma demonstração, à OMC, de um princípio de implementação da decisão do órgão.

A idéia era a de ganhar tempo para que o Supremo Tribunal Federal (STF) proibisse definitivamente a entrada de pneus remoldados no país. A ação, proposta pela Presidência da República, em 2006, foi a plenário no dia 11 de março, mas o ministro Eros Grau pediu vista e não há prazo para que o tema retorne à pauta do Supremo. Com a decisão de hoje da Camex, o governo ganha mais 60 dias e sinaliza ao STF a urgência para que a matéria seja votada.

newsletter, Notícias

Governo e indústrias de pneus avançam com plano de recolhimento de pneus em Maringá

Comentários desativados em Governo e indústrias de pneus avançam com plano de recolhimento de pneus em Maringá

– 29/04/2009 14:46:22

A audiência pública sobre descarte de pneus na região Norte do Paraná, realizada pela Coordenadoria de Resíduos Sólidos da Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos na última terça-feira (28), em Maringá, trouxe resultados positivos para a destinação adequada de pneus. Os fabricantes se anteciparam e apresentaram um local que servirá como de coleta de pneus velhos. A próxima etapa é o licenciamento da área pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP).

A audiência teve a presença de representantes do Ministério Público, IAP, da Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Maringá e das indústrias pneumáticas, que foram chamadas a apresentar soluções para a logística de recolhimento dos pneus inservíveis.

Segundo o secretário do Meio Ambiente, Rasca Rodrigues, 2 mil toneladas de pneus são fabricados todos os meses no Paraná, sendo que apenas 700 toneladas têm a destinação correta. “Pneus velhos são grandes viveiros para reprodução do mosquito da dengue, o que não acontece somente no período do verão. Além de proteger a natureza, também estamos protegendo a população”, declarou.

Nesta reunião a Secretaria e o MP dariam prazo de 30 dias para que os representantes das indústrias pneumáticas apresentassem um plano comum de logística para recolhimento dos resíduos que geram. Segundo o coordenador de Resíduos da Secretaria, Laerty Dudas, os fabricantes se anteciparam. “Já nesta reunião apresentaram um local que servirá como um Ecoponto para a coleta dos resíduos no município de Maringá”, comentou Dudas. A próxima etapa, segundo o coordenador, será a apresentação oficial deste local, para que o IAP possa licenciar a área.

LEGISLAÇÃO – De acordo com o artigo 8 da Resolução 258/99 do Conselho Nacional do Meio Amibiente (Conama), as indústrias de pneus são responsáveis pela coleta, armazenamento e destinação adequada de seus produtos, podendo sofrer penalidades caso esta determinação não seja cumprida. “Os fabricantes e os importadores de pneumáticos poderão efetuar a destinação final, de forma ambientalmente adequada, dos pneus inservíveis de sua responsabilidade, em instalações próprias ou mediante contratação de serviços especializados de terceiros”, determina a legislação.

No final do ano de 2008, nove empresas fabricantes de pneus e a Reciclanip – associação que representa as indústrias de pneus – foram multadas devido à má destinação dos produtos fora de uso. Cada uma foi multada em R$ 2 milhões, totalizando R$ 20 milhões.

newsletter, Notícias

Bandag recebe a recertificação ISO 9001:2008 e Certificação ISO 14001:2004

Comentários desativados em Bandag recebe a recertificação ISO 9001:2008 e Certificação ISO 14001:2004

Respeito e seriedade

A Bandag mais uma vez mostra que leva muito a sério o respeito pelo consumidor, pela comunidade e meio ambiente.  Em abril de 2009, a empresa foi recomendada pela SGS (Órgão Certificador) para a Recertificação da norma ISO 9001:2008 e Certificação da norma ISO 14001:2004. Esses processos envolvem o Sistema de Gestão da Qualidade, atestado internacional de excelência da qualidade dos produtos e serviços, e a Gestão do Meio Ambiente, assegurando que as fábricas produzem produtos e serviços respeitando as normas deste processo.
Isto demonstra o cuidado que a Bandag possui. Assim, o cliente, ao entrar em uma concessionária terá segurança, qualidade, desempenho ambiental e confiabilidade, aliada à tecnologia de seus produtos e serviços. Além do respeito pelo consumidor, a Bandag, estende seu compromisso à comunidade através do aprimoramento e melhores práticas exigida pelo mercado.
A certificação ISO 14001 comprova a conduta ambientalmente correta presente nos produtos e serviços oferecidos pela Bandag.

newsletter, Notícias

Funcionários da Firestone decidem proposta de redução

Comentários desativados em Funcionários da Firestone decidem proposta de redução

Tauana Marin
Do Diário do Grande ABC

Hoje, a partir das 14h, o Sindicato dos Borracheiros da Grande São Paulo e Região junto com os trabalhadores da Bridgestone Firestone, em Santo André, irão decidir, em assembleia, se a proposta feita pela empresa de redução de jornada e salários será ou não aprovada pelos trabalhadores.

A companhia propõe aos funcionários a redução de jornada em dez dias para equipes de fábrica e administração por um período de três meses, conforme limita a legislação trabalhista, e a de salário, prevista em 10% – a fim de abaixar o estoque de pneus, que hoje soma cerca de 1 milhão de unidades.

Segundo Terezinho Martins da Rocha, presidente do sindicato, a proposta não vai ao encontro dos interesses dos trabalhadores. “A melhor saída seria manter o banco de horas dos funcionários sem redução de jornada e de salário. Afinal, buscamos firmar um acordo que atenda o interesse de ambas as partes, e não apenas de uma delas”, explicou o dirigente.

“Nosso objetivo é manter os mais de 3.000 trabalhadores e não deixar que sejam prejudicados ou que corram o risco da demissão. É preciso ter uma garantia de estabilidade”, completou Rocha.

Há informações de que, sem redução de salários, a empresa tende a realizar demissões.

Colaborou Marcos Seabra

newsletter, Notícias

Cresce inadimplência de consumidores em março, aponta Serasa

Comentários desativados em Cresce inadimplência de consumidores em março, aponta Serasa

As taxas de inadimplência aumentaram 16,6% em março na comparação com o mesmo mês de 2008, indicou pesquisa da Serasa Experian, empresa de verificação de crédito. Para os economistas da Serasa, “a menor atividade econômica e o desemprego localizado” podem explicar o aumento do atraso no pagamento das dívidas no período.
Na comparação com fevereiro, o crescimento da inadimplência foi ainda maior: 22,6%, em parte, devido ao menor número de dias de fevereiro.
O mesmo padrão se repete considerando o primeiro trimestre deste ano contra janeiro-março de 2008: os atrasos aumentaram 11,4%.
A pesquisa mostra ainda que os consumidores se complicam principalmente com dívidas em bancos, com dívidas com cartões de crédito (incluindo financeiras) e por passar cheques sem fundos, em ordem decrescente de importância, considerando o período trimestral.
Houve uma redução, no entanto, no tamanho médio das dívidas em atraso com os bancos: foi de R$ R$ 1.357,47, valor 15% menor na comparação com o valor registrado no primeiro trimestre de 2008.
As dívidas em atraso com cartões e financeiras também encolheu: o valor médio foi de R$ 386,86 no primeiro trimestre deste ano, o que representa uma queda de 13,3% sobre o valor médio registado no trimestre inicial no ano passado.
Aumentou, no entanto, o valor dos cheques sem fundos passados na praça. A Serasa calculou um valor médio de R$ 828,70 no primeiro trimestre de ano, o que representa um incremento de 31,2% na comparação com o valor médio dos cheques emitidos sem reserva nos primeiros três meses do ano passado.

Fonte: Folha Online

newsletter, Notícias

Bridgestone lança pneu para transporte urbano na Agrishow 2009

Comentários desativados em Bridgestone lança pneu para transporte urbano na Agrishow 2009

A Bridgestone destaca na 16ª edição da Agrishow, que acontece de 27 de abril a 2 de maio em Ribeirão Preto (SP), seu mais recente lançamento para o segmento de transporte urbano de cargas e passageiros: o R155.

O produto, que conta com a tecnologia de ponta Bridgestone, foi testado em operações reais em mais de 20 cidades no Brasil sob diferentes condições urbanas de uso, antes de ser lançado, para garantir um pneu com desempenho superior para os transportadores urbanos.

“O R155 possui maior volume de borracha e banda de rodagem mais larga, o que garante o desgaste uniforme da banda e maior quilometragem”, explica Eduardo Cassador, Gerente Nacional de Vendas Pneus de Carga da Bridgestone Bandag Tire Solutions (BBTS).

Disponível na medida na medida 275/80 R22.5, o produto atende também ao setor de distribuição de gás, bebidas e outras cargas urbanas.

Entretenimento – Um dos destaques do evento serão as apresentações de uma trupe teatral no estande da empresa. Diariamente, o grupo fará apresentações divertidas e com muita interatividade com o público. Serão cinco sessões diárias, às 10:00, 11:30, 13:00; 14:30 e 16:00.

A única com oito anos de garantia – A empresa apresenta no evento a linha completa de pneus agrícolas da marca Firestone, a única que oferece oito anos de garantia. Entre os pneus da linha agrícola em destaque no evento está o SAT 23º, o único no mercado que possui barras longas e iguais em ângulo 23º, que garantem uma excelente tração e maior durabilidade para o agricultor.

Representantes da Rede Oficial de Revendedores Bridgestone Firestone que atuam na região e uma equipe de técnicos da empresa estarão presentes no estande para prestar assistência e esclarecer dúvidas dos visitantes e consumidores.

A marca Firestone é top of mind no segmento agrícola e é a única do mundo a contar com uma pista de testes exclusiva para o desenvolvimento de pneus agrícolas, em Columbiana, Ohio (EUA).

“Agrishow Ribeirão é uma das três maiores feiras agrícolas do mundo, e é a partir dela que produtores rurais e as empresas das mais diversas cadeias do agronegócio definem o que farão ao longo do ano. Trata-se de uma oportunidade para a Bridgestone apresentar seus produtos e, simultaneamente, conhecer as tendências deste mercado, através de toda a cadeia envolvida no setor”, afirma Humberto Gómez, presidente da Bridgestone do Brasil. | www.bridgestone.com.br

newsletter, Notícias

Pneus recolhidos pelo município têm destino ecologicamente correto

Comentários desativados em Pneus recolhidos pelo município têm destino ecologicamente correto

Com um tempo de degradação indeterminado, os pneus velhos são vistos pelos defensores da natureza como extremamente prejudiciais ao meio ambiente. E argumento para eles é o que não falta. Se queimados sem os devidos cuidados, a borracha elimina diversos gases poluentes no ar; se descartados em locais impróprios, acumulam água e tornam-se ambientes favoráveis à proliferação de mosquitos transmissores de doenças como a dengue.

Atenta à realidade, a Prefeitura de Aracaju tem realizado um intenso trabalho de coleta de pneus por toda a cidade. O resultado da ação pôde ser comprovado na tarde desta segunda-feira, quando o acumulado nos últimos 90 dias foi recolhido por um caminhão com o auxílio de 15 agentes de limpeza. Com capacidade para 20 toneladas, o veículo teve que ser utilizado três vezes, tamanha era a quantidade de pneus.

O montante estava concentrado no ‘Ecoponto´ mantido pela Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb) em um galpão situado no bairro Santa Maria. Os pneus agora seguem em direção ao município de Laranjeiras, onde serão incinerados numa fábrica que possui um filtro especial. A peça tem como função principal evitar a poluição do ar. Assim toda a borracha é eliminada sem deixar vestígios e sem prejuízos ao meio ambiente.

A iniciativa tem como parceira a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), que contribui coletando os pneus encontrados durante as forças-tarefa de combate à dengue realizadas por toda a capital. Onde vemos pneus jogados nós recolhemos. São diversos locais de descarte, como borracharias, canais e terrenos baldios, afirma o supervisor de Endemias da SMS, José Roberto Dias.

De acordo com Dias, assim que recolhe o pneu, o agente elimina a água de imediato. Com o pneu já seco, eles ainda aplicam inseticida para garantir a eliminação completa de possíveis focos. A Prefeitura de Aracaju mantém há anos diversos pontos de coleta espalhados pelos bairros da cidade, conhecidos como ecopontos. O objetivo maior é promover a reciclagem e combater a proliferação do mosquito. Mais cinco ecopontos devem ser construídos nos próximos quatro anos.

newsletter, Notícias

Minc defende vistoria obrigatória de veículos para reduzir poluição

Comentários desativados em Minc defende vistoria obrigatória de veículos para reduzir poluição
Agência Brasil02/04/2009 12:32

BRASÍLIA – O ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, informou hoje que o Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) deve aprovar, no próximo dia 15, uma resolução que obriga todos os estados brasileiros a realizar vistorias anuais de veículos.Ele lembrou que, atualmente, o procedimento ocorre apenas no Rio de Janeiro. Questionado se o governo vê com preocupação a possibilidade de aumento da frota de veículos provocada pela redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para automóveis, ele avaliou que a inspeção deve contribuir para diminuir a emissão de gases poluentes.

“A pessoas serão obrigadas a regular os carros. Só passa no teste o carro que está bem regulado e que não emite mais poluição do que o máximo aceitável pelas leis ambientais”, disse Minc, após participar de entrevista a emissoras de rádio durante o programa Bom Dia, Ministro.

Ele afirmou ainda que o governo pretende divulgar os níveis de consumo de combustível e de poluição de cada modelo de veículo, como já é feito pelo Instituto de Normalização, Metrologia e Qualidade Industrial (Inmetro) com geladeiras.

(Agência Brasil

newsletter, Notícias